Home · Baú do Jordão · Camargo Freire  · Campos do Jordão

Crônicas e Contos · Culinária  ·  Fotos Atuais · Fotos da Semana

  Fotografias · Hinos · Homenagens · Papéis de Parede · Poesias/Poemas 

PPS - Power Point · Quem Sou  · Símbolos Nacionais · Vídeos · Contato

Fotografias que contam a história de Campos do Jordão.

 

 Energia Elétrica em Campos do Jordão


 

História da Energia Elétrica de Campos do Jordão



No ano de 1991, a Companhia Energética de São Paulo - CESP enviou para Campos do Jordão, o Pesquisador Julio César Assis Kühl, com a finalidade de colher dados sobre a história do início da energia elétrica em Campos do Jordão.

Nessa ocasião eu trabalhava como Chefe da Seção Comercial do Distrito de Campos do Jordão, da CESP e tive a feliz oportunidade de acompanhar e colaborar com o Julio César A. Kühl, no levantamento da história e, especialmente, na garimpagem das fotos para ilustração do importante trabalho. Também pude colaborar, nas entrevistas com antigas pessoas, ex-funcionários, que trabalharam nas Companhias de Eletricidade anteriores, entre a inauguração da Usina de Abernéssia em 1919 até a desativação da Usina do Fojo em 1968, coletando verdadeiros depoimentos históricos e muito importantes.

Facilitei os contatos do Julio César com o amigo Pedro Paulo Filho, Advogado, escritor, jornalista , o maior historiador de Campos do Jordão.

Após todo esse importante e gratificante trabalho de pesquisa a cargo do Julio César, a Companhia Energética de São Paulo - CESP editou, no ano de 1992, o livro volume 5, com 103 páginas, da série “História da Energia Elétrica em São Paulo” registrando a história da energia elétrica em Campos do Jordão com o título: “Abernéssia e Fojo Hidrelétricas de Campos do Jordão”. Esse trabalho maravilhoso é ilustrado com importantes fotografias históricas, conseguidas na garimpagem efetuada na fase de pesquisa, junto a diversos e antigos funcionários que trabalharam nas Companhias de Eletricidade anteriores e iniciais.

Felizmente, depois de trabalho, até certo ponto bastante árduo e demorado, consegui graças ao empenho da Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento, sediada em São Paulo, a cessão em forma exclusiva e gratuita, sem fins comerciais e por prazo indeterminado, a utilização, divulgação e reprodução, de forma integral, da obra acima referenciada que, doravante, está publicada, exclusivamente, no site de minha autoria : www.camposdojordaocultura.com.br .

Assim, esta é mais uma importante conquista em prol da valorização da história e da cultura de Campos do Jordão, com certeza absoluta, preservando e divulgando-as a todos que, ainda não tinham tido oportunidade de conhecer esse importante trabalho elaborado pela Companhia Energética de São Paulo - CESP. Doravante, esse belo trabalho, está acessível a todos interessados, inclusive, para as gerações futuras, possibilitando, conhecer as dificuldades encontradas e vivenciadas por todos aqueles valorosos pioneiros que, em época não muito longínqua, foram os precursores da energia elétrica e do progresso de Campos do Jordão.

Edmundo Ferreira da Rocha
13 de maio de 2013.

 

 

Voltar

 

 


A História da Energia Elétrica - C. Jordão


CESP - Cia. Energética de SP


Cia. Eletricidade C. do Jordão


Cia. Sul Mineira de Eletricidade

 


ATENÇÃO – AVISO

 

- As fotografias exibidas neste site, com exceção daquelas de minha própria autoria, especialmente as fotos em cores, são de fotógrafos desconhecidos e não identificados.

 

- Esforços despendidos e diversas pesquisas realizadas, com pessoas antigas da cidade, especialmente com as possuidoras das fotos, não foram suficientes para identificar os autores dessas fotos antigas, considerando que  a maioria delas, data de mais de setenta anos.

 

- Se alguém tiver alguma informação segura sobre os nomes dos fotógrafos autores dessas imagens ou se sentir lesado ou, ainda, não concordar com a publicação de qualquer conteúdo constante do website, por favor, entrem em contato conosco clicando aqui, para que possamos estar divulgando os créditos das autorias ou providenciando a imediata retirada.

 

Obrigado,

 

Edmundo Ferreira da Rocha

 

- Campos do Jordão Cultura -