Home · Baú do Jordão · Camargo Freire  · Campos do Jordão

Crônicas e Contos · Culinária  ·  Fotos Atuais · Fotos da Semana

  Fotografias · Hinos · Homenagens · Papéis de Parede · Poesias/Poemas 

PPS - Power Point · Quem Sou  · Símbolos Nacionais · Vídeos · Contato

Fotografias que contam a história de Campos do Jordão.

 

 Tênis Clube e sua história


As quatro sedes do Campos do Jordão Tênis Clube

Por volta de 1928, Eduardo Levy, ajudado pelo engenheiro e tenista Aristides de Souza Mello, arrecadando contribuições de veranistas, conseguiu construir uma quadra de tênis no local onde, mais tarde, se ergueria o Campos do Jordão Tênis Clube.

Em 1° de janeiro de 1933, em Vila Capivari, reuniram-se diversas pessoas na residência do Eng° Aristides de Souza Mello, denominada “Vila Maria”, a fim de constituírem uma sociedade esportiva, de caráter civil.

Por aclamação foi eleito presidente da assembléia o Dr. Oscar Moreira, que assumindo, convidou para secretários José de Sampaio Góes Netto e Fernando Ivancko.

Procedeu-se à eleição da primeira diretoria:Lincoln Ferreira Faria (presidente), Plínio da Rocha Mattos (vice), Silvio Varela Martins (1° secretário), José Torres (2° secretário), Ernane Telles Rudge (1° tesoureiro), João Alves Teixeira (2° tesoureiro) e Aristides de Souza Mello (diretor de sede).

Estava constituído o Campos do Jordão Tênis Clube.

Aprovados os estatutos, por unanimidade, o Dr. Aristides de Souza Mello congratulou-se com os sócios do Clube, destacando os esforços de Eduardo Levy, a quem atribuiu os méritos por aquela fundação.

Em seguida propôs que se consignasse em ata os nomes dos fundadores do Campos do Jordão Tênis Clube, a saber: Alexandre Marcondes Machado, Álvaro Augusto Bueno Vidigal, Aloysio de Paula, André Cardoso, Antonio Carlos Bueno Vidigal, Antonio de Lacerda Abreu, Antony Assunção, Armando de Salles Oliveira, Aristides de Souza Mello, Carlos Ivancko, Cassiano Passos, Clóvis Correa, Dagoberto Sampaio Góes, Edu Raiston, Eduardo Levy, Eduardo Sheldon, Eduardo Simonsen, Ernane Rudge, Eulálio Firmo, Fausto Couto, Fernando Ivancko, Francisco Pio de Almeida Prado, Francisco Machado de Campos, Gastão Mesquita, Gastão Eduardo Vidigal, Gastão Vidigal, Gentil Lopes da Silva, Isaltino de Sampaio Góes, João Baptista de Mello Peixoto Netto, João Alves Teixeira, José Carlos de Macedo Soares, José Sampaio Góes Netto, José Torres, Jorge Raiston, Juvenal Ferraz Jr., Lincoln Ferreira Faria, Lúcia de Macedo Soares, Luiz Damas, Luiz Eulálio Bueno Vidigal, Luiz Suplicy Jr., Manoel B. de Souza Dantas, Manoel M. Barros, Marco Antonio Nogueira Cardoso, Nelson Matta, Orivaldo Lima Cardoso, Orlando Murgel, Oscar Moreira, Oswaldo Leite Ribeiro, Paschoal Scavone, Paulo Ayres, Paulo Ayres Filho, Paulo Cardoso, Paulo Guillain, Paulo Suplicy, Plínio da Rocha Mattos, Raphael de Paula Souza, Raul do Valle, Renato Vidigal de Azevedo, Roberto Simonsen, Roberto Simonsen Filho, Rocha Vaz, Rolando Davids, Sylvio Bueno Vidigal, Sylvio Varella Martins, Willie Davids, Victor Simonsen, William Sheldon.

Esses fundadores foram considerados verdadeiros precursores do esporte e do convívio social desta Vila.

Anunciou Fernando Ivancko que, dentro em pouco, estaria concluída a sede social do Campos do Jordão Tênis Clube, ao que o Eng.° Plínio da Rocha Mattos ressaltou os assinalados serviços prestados por João Baptista de Mello Peixoto, consistentes na doação do terreno ao clube. Também foi homenageado o Dr. Oscar Correa, como presidente da assembléia e redator dos estatutos sociais. O sócio Juvenal Ferraz Jr., lembrou a importante colaboração prestada ao clube pelos engenheiros Aristides de Souza Mello e Plínio da Rocha Mattos e pelo médico Lincoln Ferreira Faria.

Caio Jardim escreveu em 1939: “O clima frio e estimulante da montanha é sempre um convite à prática de esportes. E estes não tem sido descurados em Campos do Jordão, onde a natureza, ao mesmo tempo que reanima o organismo combalido, exige dos mais saudáveis o tributo do exercício físico.

Desde há muito que se conhecem na Estância as várias modalidades desse exercício.

A equitação, a marcha a pé, o alpinismo, constituem sempre hábitos salutares dos visitantes e moradores radicados neste recanto da Mantiqueira.

Mais tarde, tomaram vulto às pugnas de futebol, nas várias vilas, modalidade essa um tanto obscurecida pelos nossos clubes organizados de algum tempo a esta parte.

Sobressaem, atualmente, em Campos do Jordão, pelo afinco com que são praticados, duas formas esportivas das mais benéficas e elegantes; o tênis e o basquetebol.

O tênis de alguns anos para cá, em franca prosperidade, deve-se à iniciativa do Campos do Jordão Tênis Clube, com sede em Capivari.

Ali se vem cultivando, notavelmente, esse belo esporte, havendo mesmo turmas perfeitamente adestradas nos difíceis manejos da raquete. Não faz muito, teve o Clube oportunidade de realizar mais uma animada tarde esportiva com a vinda dos elementos de seu congênere de Taubaté, com a qual mediu esforços em disputado torneio.

Em maio de 1940, foram disputados no Tênis Clube um Campeonato de Ping-Pong e um Torneio de Tênis. Participaram do primeiro evento, Eugênio Holi, Vera Salles Lara, João Alves Teixeira, Nelson Gonçalves Barbosa, Aristides de Souza Mello, José Silveira, Lincoln Ferreira Faria, João Costa, Januário Miráglia, Frida Krause, Ivone Salles Lara e Aldo Simões.

Do Torneio de Tênis participaram o grande escritor brasileiro Mário de Andrade e as duplas Daysi Bastos e Cap. Bráulio Guimarães, Marina Gama Cerqueira e Eugênio Holi, Olga Moura Coutinho e Raphael Moura Campos, além de Clementino Fraga e Theófilo Falcão.

Foi em 15 de março de 1969 que Plínio Freire de Sá Campelo, presidente do clube, reestruturou a organização jurídico-administrativa da entidade, que passou a denominar-se Campos do Jordão Tênis Clube de Turismo.

A mais importante competição realizada pelo Campos do Jordão Tênis Clube de Turismo foi o Torneio Internacional de Tênis de Inverno (III Grand Smash Cup), realizado em julho de 1982, oficializado pelo ATP - Association of Tennis Professionais, congregando 32 tenistas de 7 países, que disputaram prêmios no valor de 50 mil dólares.

O evento foi transmitido pela TV 2 - Cultura e TV 13 - Bandeirantes. Nas provas simples, sagrou-se campeão o norte-americano Mark Dickson, que se posicionou entre os melhores tenistas do mundo, e nas duplas venceram Thomas Kock e José Geraldo Schmidt.

Do Livro - História de Campos do Jordão - Autoria Pedro Paulo Filho - Editora Santuário - 1986 - Páginas 481 a 483

 

 

Voltar

 

 


Fotos Tênis Clube

 


ATENÇÃO – AVISO

 

- As fotografias exibidas neste site, com exceção daquelas de minha própria autoria, especialmente as fotos em cores, são de fotógrafos desconhecidos e não identificados.

 

- Esforços despendidos e diversas pesquisas realizadas, com pessoas antigas da cidade, especialmente com as possuidoras das fotos, não foram suficientes para identificar os autores dessas fotos antigas, considerando que  a maioria delas, data de mais de setenta anos.

 

- Se alguém tiver alguma informação segura sobre os nomes dos fotógrafos autores dessas imagens ou se sentir lesado ou, ainda, não concordar com a publicação de qualquer conteúdo constante do website, por favor, entrem em contato conosco clicando aqui, para que possamos estar divulgando os créditos das autorias ou providenciando a imediata retirada.

 

Obrigado,

 

Edmundo Ferreira da Rocha

 

- Campos do Jordão Cultura -