Home · Baú do Jordão · Camargo Freire  · Campos do Jordão

Crônicas e Contos · Culinária  ·  Fotos Atuais · Fotos da Semana

  Fotografias · Hinos · Homenagens · Papéis de Parede · Poesias/Poemas 

PPS - Power Point · Quem Sou  · Símbolos Nacionais · Vídeos · Contato

 

Fotografias Semanais que contam a
 história de Campos do Jordão.

de 13/02 a 19/02/2015

 

 

Históricas - Vila Lola - década 1950


Esta linda casa, até a década de 1980, estava localizada em Vila Capivari, logo após a Parada Damas, da Estrada de Ferro Campos do Jordão, pouco adiante do Hotel “Palazzo Reale”, do amigo Carlão. Em determinada época esteve sediada nessa casa a “Pensão Capivari”. Posteriormente, por vários anos, abrigou a “Vila Lola”, sob a responsabilidade da Sra. Gunda Bay Muller, que a atualizava como colônia de férias para crianças estudantes da cidade de São Paulo. Atualmente, no mesmo local dessa casa estão sediados prédios de apartamentos.

Acima a maravilhosa casa que, no passado, até a década de 1960, pertenceu à famosa pianista brasileira Magdalena Tagliaferro. Nessa casa maravilhosa, especialmente cedida para a finalidade, nos anos de 1953 e 1954, foram filmadas várias cenas do filme da saudosa Companhia Cinematográfica Vera Cruz, estúdio cinematográfico responsável pelas filmagens do filme “Floradas na Serra”, baseado no romance homônimo de Dinah Silveira de Queiroz, tendo como atores principais Cacilda Becker e Jardel Filho.

Ao lado direito do morro onde está a casa, estão localizados os famosos morros da Tartaruga e Elefante que, no passado, encantavam jordanenses e visitantes e valorizavam a paisagem de Campos do Jordão. Infelizmente, na atualidade, com marcas lamentáveis e destruidoras que os descaracterizaram e desfiguraram para sempre O acesso para esta casa é feito pela estrada da antiga Fonte Renato. Posteriormente, essa casa passou para propriedade do Dr. Adhemar Pereira de Barros e, até os dias atuais, pertence a seus familiares.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Pessoas - Edmundo - 1957


Esta é uma foto histórica. Foi tirada, no ano de 1957, em frente à casa alugada por meu pai, onde morei vários anos. Essa casa era de propriedade do saudoso engenheiro Dr. Adelardo Soares Caiuby, situada na Av. Macedo Soares, 306, em Vila Capivari, em frente ao tradicional Hotel Bologna que, na época, era de propriedade do saudoso Sr. Augusto Pagliacci e sua esposa D. Alba. Nessa mesma casa e na mesma época em que lá morei, também morou conosco, o saudoso amigo Orestes Mário Donato, grande jornalista, exímio projetista e desenhista e fotógrafo de larga experiência. Nas salas da frente dessa casa, estava sediada a COPEL, abreviatura de Construções Projetos e Engenharia Limitada, do saudoso Dr. Marcos Wulf Siegel e auxiliando na administração os saudoso professor Harly Trench e Dr. José Ariosto Barbosa de Souza.

Posteriormente, nesse mesmo local estiveram estabelecidos: a Imobiliária Rocha, de propriedade do meu pai Waldemar Ferreira da Rocha e do seu querido amigo e sócio professor Harry Mauritz Lewin, o Hotel Ideal, o Hotel e Restaurante Itália e, atualmente, o “Itália - Cantina e Ristorante”, do amigo Donizete.

Na foto eu, Edmundo e meus grandes e saudosos amigos e fiéis companheiros Dick e Lili, que me deram muita alegria enquanto aqui permaneceram. Também fizeram muito felizes todos aqueles que os conheceram.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, na Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vila Abernéssia, Campos do Jordão, a cerimônia do casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto, da esquerda para a direita: O Vigário Frei Getúlio Reimann, da Ordem dos Frades Menores - OFM, minha tia Maria Carolina Godoy Feitor (irmã do noivo) e o marido Arlindo Feitor (cunhado do noivo), os noivos Celso Antonio e Maria e meu pai Waldemar Ferreira da Rocha. Arlindo e Maria Carolina foram os padrinhos do noivo Celso Antonio de Godoy e meu pai Waldemar F. da Rocha e minha mães Odete que não aparece na foto, foram os padrinhos da noiva Maria de Oliveira Lima.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, na Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vila Abernéssia, Campos do Jordão, durante a cerimônia do casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto: O momento em que os noivos Celso Antonio de Godoy e Maria de Oliveira Lima adentravam a Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, situada em Vila Abernéssia. Logo atrás, eu com meus doze anos de idade, colaborando na cerimônia do casamento, transportando alguma coisa importante que, infelizmente, não me lembro o que era.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, na Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vila Abernéssia, Campos do Jordão, durante a cerimônia do casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto, da esquerda para a direita: O Vigário Frei Getúlio Reimann, da Ordem dos Frades Menores - OFM, minha tia Maria Carolina Godoy Feitor (irmã do noivo) e o marido Arlindo Feitor (cunhado do noivo) e os noivos Celso Antonio e Maria. Arlindo e Maria Carolina foram os padrinhos do noivo Celso Antonio de Godoy.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, na Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vila Abernéssia, Campos do Jordão, durante a cerimônia do casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto, da esquerda para a direita: O Vigário Frei Getúlio Reimann, da Ordem dos Frades Menores - OFM, minha tia Maria Carolina Godoy Feitor (irmã do noivo) e o marido Arlindo Feitor (cunhado do noivo) e os noivos Celso Antonio e Maria.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, na Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vila Abernéssia, Campos do Jordão, durante a cerimônia do casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto, da esquerda para a direita: Minha saudosa mãe Odete Pavan da Rocha, a noiva Maria de Oliveira Lima e meu saudoso pai Waldemar Ferreira da Rocha. Meus pais foram os padrinhos da noiva.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, aconteceu o casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto: Os noivos Celso Antonio de Godoy e Maria de Oliveira Lima depois de casados posam para foto histórica na bela varanda da, lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Famílias - Casamento Celso e Maria - 1955


No dia 25 de junho de 1955, aconteceu o casamento do meu tio Celso Antonio de Godoy com a tia Maria de Oliveira Lima. Celso Antonio, um dos filhos de minha avó Minervina Pavan Godoy, em seu segundo casamento com Celso Feliciano de Godoy, mais conhecido como Pérsio. Celso Antonio, irmão de minha mãe Odete, também filha da avó Minervina, de seu primeiro casamento com Mário Pavan. Maria, filha do casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e de D. Izaltina Leite de Oliveira Lima, administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”, situada pouco adiante do nosso Horto Florestal ou, para os mais antigos, Fazenda da Guarda.

Na foto: Durante o magnífico almoço oferecido aos noivos, padrinhos e convidados pelo simpático casal Sr. Alcides de Oliveira Lima e D.Izaltina Leite de Oliveira Lima (pais da noiva), administradores da lendária, tradicional e centenária “Fazenda do Retiro”. Na cabeceira da mesa os recém casados Maria de Oliveira Lima e Celso Antonio de Godoy. À esquerda da mesa - uma senhora não identificada, eu Edmundo F. Rocha e meus saudosos pais Waldemar F. Rocha e Odete Pavan da Rocha. Do lado direito da mesa, infelizmente, três pessoas não identificadas.

OBS: Esta foto da autoria do amigo e grande fotógrafo Orestes Mário Donato foi gentilmente disponibilizada pelas queridas amigas Malú Donato e Luciana Donato, respectivamente, sua esposa e filha.

 

 

 

Históricas - Encontro de amigos - 1960


Uma foto histórica da década de 1960 mostrando momento de um churrasco de confraternização de amigos, durante um descanso das caçadas permitidas e realizadas nas épocas autorizadas.

Na foto, da esquerda para a direita: Sentado no chão não identificado; sentados em cadeiras - Sr. Giácomo Bérsiga, Giovani Zofolli e o irmão Michelli Zofolli, Augusto Pagliacci, Michelli Foschi e atrás, em pé, Plínio Vasconcellos de Oliveira.

Giácomo Bérssiga - era um senhor italiano que residiu vários anos aqui em Campos do Jordão. Era muito educado e gentil. Um bom papo. Andava quase sempre com um lenço de seda enrolado no pescoço. Foi um dos primeiros proprietários e mantenedores de lindos cavalos de aluguel na Vila Capivari. Morava ali pertinho da atual estação do Teleférico, no local onde está o Hotel Barcelos.

Giovani Zoffoli e Michelli Zofolli - Filhos do saudoso casal Sr. Roberto Zofolli e D. Tina Pagliacci Zoffoli. Durante alguns anos trabalharam de garçom no Hotel Bologna, de propriedade dos tios Sr. Augusto Paggliacci e D. Alba Taioli Pagliacci. Giovani e sua esposa Sra. Ana, em meados da década de 1950, foram os pioneiros da indústria de malhas em Campos do Jordão, com a famosa “La Bottega Italiana”, depois Malharia Italiana.

Augusto Pagliacci - Italiano de nascimento, veio para cá na década de 1950. Trabalhou no Hotel Refúgio Alpino, do saudoso casal Sr. Mário Dal Pino e D. Nenê Dal Pino. Posteriormente montou nas proximidades do atual “Market Plaza”, num sobrado pertencente ao Sr. Orivaldo Lima Cardoso, o pequeno Hotel Bologna. Posteriormente comprou na mesma Av. Macedo Soares um sobrado e ampliando as instalações montou o Hotel Bologna que existe até os dias atuais. Depois que vendeu o Hotel Bologna para o saudoso Sr. Luiz Afonso, mudou-se para a cidade de Ubatuba e lá montou, com a esposa D. Alba, o Hotel Mediterrâneo.

Michelli Foschi - Italiano de nascimento, veio para cá no final da década de 1950, início da década de 1960. Ele e o sócio Mário Cavandoli, durante algum tempo, estiveram estabelecidos no centrinho da Vila Capivari com a famosa Confeitaria Italiana - CONFIT, no mesmo local onde, anteriormente estiveram estabelecidos: o tradicional restaurante “Ao Franciscano”; o “Bar e Restaurante Três Irmãos”, de propriedade dos irmãos Abitante (Luiz, Sérgio e Orlando) e, por último, o tradicional “Restaurante Nevada”, introduzido pelas mãos competentes do saudoso lusitano de boa estirpe, Sr. José Manuel Gonçalves, também carinhosamente conhecido como Zé do Nevada. O Nevada, como ficou conhecido, permanece até hoje, porém mais sofisticado que outrora.

Plínio Vasconcellos de Oliveira - Filho do saudoso Sr. Benedito Vasconcellos de Oliveira, foi um grande e habilidoso açougueiro, gentil e simpático para com todos seus fregueses que, durante vários anos, esteve estabelecido e fez muito sucesso no centrinho da Vila Capivari e depois, na descida que vai para o Tênis Clube. Na realidade, praticamente toda família sempre trabalhou no mesmo ramo, desde seu pai e os irmãos Aércio Luiz de Oliveira e Benedito Vasconcellos de Oliveira Filho. Esses dois irmãos começaram trabalhando no açougue do irmão Plínio. Depois, cada um montou seu açougue particular..

OBS: Foto de autoria desconhecida.

 

 

Veja fotografias publicadas em outras semanas clicando aqui.

 

Voltar

 

- Campos do Jordão Cultura -